Quarentena aumenta em 148% interrupções de energia causada por pipas

O período de quarentena fez crescer em 148% as interrupções de energia causadas por acidentes com pipas na rede elétrica na região de Campinas. O levantamento é da CPFL Paulista que registrou, entre os meses de abril e maio, 206 interrupções de energia em 12 cidades da região. No ano passado a mesma ocorrência com pipas no período foi de 83.

Neste ano a cidade que mais registrou casos nesses meses foi Campinas com 86 ocorrências, seguida por Sumaré, 34, Hortolândia, 33 e Santa Bárbara d´Oeste, com 14. No mesmo período do ano passado, essas quatro cidades registraram: 55, 7, 5 e 2 ocorrências do tipo.

Muitas pipas ficam enroscadas nos fios de energia elétrica e causam interrupções, até mesmo posteriores ao momento que atingiu os fios. Isso ocorre porque a linha e a estrutura da pipa, enrolada nos cabos elétricos, se tornam condutoras de energia quando chove, informou a companhia. A empresa ainda afirmou que até o ano passado os meses com mais incidência do tipo era julho, durante as férias escolares, porém com o período de quarentena nas cidades houve esse crescimento nesse período.

Segundo a companhia, os desligamentos e os acidentes causados pelas pipas podem ser evitados com alguns cuidados simples. É importante escolher um local longe da fiação elétrica, como campos abertos e parques, fugindo do entorno de rodovias ou das avenidas de intenso movimento, onde também podem acontecer os atropelamentos.

MATÉRIA COMPLETA: https://www.acidadeon.com/campinas/cotidiano/coronavirus/NOT,0,0,1525513,quarentena+aumenta+em+148+interrupcoes+de+energia+causada+por+pipas.aspx